Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.

Como seguir processos em laboratórios de análises clínicas?

Como seguir processos em laboratórios de análises clínicas?

Os processos são uma ferramenta importante para a organização de qualquer modelo de negócio bem-sucedido.

No caso dos laboratórios de análises clínicas, seguir os processos vai muito além de conquistar as metas financeiras, alcançando a descoberta de doenças, a medicina personalizada e os cuidados de saúde centrados no paciente.

O fluxo de trabalho em um laboratório clínico é tedioso, com uma infinidade de responsabilidades e verificações de segurança. Um fluxo de trabalho típico começa com a solicitação de testes e coleta de amostras, seguido de rotulagem, armazenamento e teste adequados da amostra do paciente.

Finalmente, os resultados são revisados ​​pelo laboratório clínico responsável e, posteriormente, pelo médico. Todo o fluxo de trabalho deve ser executado de forma a garantir o melhor atendimento ao paciente, segurança e precisão dos dados do teste clínico.

O gerenciamento meticuloso é necessário em todo o fluxo de trabalho do laboratório de análises clínicas, incluindo o processo de coleta de amostras, armazenamento, rotulagem, pagamentos, envio de uma fatura e relatório dos resultados clínicos.

Por isso, se você quer saber mais sobre como seguir processos em laboratórios de análises clínicas, confira o conteúdo que preparamos sobre o tema!

5 dicas sobre como seguir processos em laboratórios de análises clínicas

5 dicas sobre como seguir processos em laboratórios de análises clínicas

Os laboratórios de análises clínicas são a principal fonte de dados de saúde. Com as crescentes complexidades na indústria clínica, há uma necessidade constante de encontrar um equilíbrio entre uma gama de prioridades operacionais e financeiras.

Com os volumes crescentes, esses laboratórios enfrentam uma escassez de técnicos qualificados e estão sobrecarregados com pressões de custo.

O número cada vez menor de mão de obra qualificada exige o treinamento de novos recursos humanos, o que aumenta ainda mais o custo operacional geral do laboratório.

Atender aos requisitos regulatórios cada vez mais rigorosos coloca demandas adicionais de tempo e experiência. A inacessibilidade de dados agrava ainda mais o problema enfrentado pelos laboratórios clínicos, dificultando sua compreensão do escopo total de suas necessidades de recursos e processos. Consequentemente, a geração de resultados precisos, confiáveis ​​e oportunos fica comprometida.

Para melhorar a eficiência dos laboratórios de análises clínicas, é necessário seguir processos e monitorar fatores críticos, incluindo orçamentos, satisfação do cliente e capacidade de fornecer serviços de qualidade.

A análise adequada do fluxo de trabalho deve ser aplicada, especificamente em termos de qualidade clínica, capacidade de tomada de decisão e gerenciamento de dados do paciente.

Os laboratórios precisam visualizar seus processos e operações com precisão para identificar os gargalos, detalhar para encontrar a causa raiz subjacente e começar a formular soluções.

Por isso, aqui estão as cinco dicas que irão ajudar você a seguir os processos e melhorar os fluxos de trabalho do laboratório clínico, aumentando a flexibilidade, velocidade, inteligência e facilidade de operações no laboratório:

1. Tenha acesso rápido e seguro aos dados

Para seguir processos e melhorar o fluxo de trabalho de um laboratório de análises clínicas, é essencial que uma coordenação eficaz seja garantida em todos os departamentos para facilitar um compartilhamento contínuo, oportuno e econômico de informações clinicamente relevantes.

Para isso, é fundamental contar com o suporte da tecnologia, especialmente de um software para gestão de laboratórios eficiente!

2. Padronize suas práticas

Padronizar as práticas de laboratório de análises clínicas, como fluxos de trabalho de gerenciamento de dados e formatos de troca de dados interdepartamentais, ajuda a reduzir os erros, bem como o tempo e o custo associados ao gerenciamento da variabilidade dos dados.

Neste caso, a adoção de uma ferramenta com o foco na gestão laboratorial também é fundamental.

3. Automatize tarefas e ganhe tempo

Faça com que a tecnologia te ajude a superar os desafios enfrentados pelo laboratório. A automação de tarefas manuais demoradas e sujeitas a erros em um laboratório ajuda a aumentar a eficiência e a precisão dos resultados.

A implementação de um software adequado ajuda os laboratórios a seguir processos e criar um fluxo de trabalho simplificado para a solicitação de testes, entrada de dados de pacientes, procedimento de teste e obter os resultados clínicos corretos.

Ele melhora a qualidade e confiabilidade dos resultados. Além disso, um sistema baseado em nuvem permite acesso em tempo real a dados e análises de maneira segura.

4. Utilize seus recursos de forma eficaz

O uso ineficiente de recursos humanos deve ser reduzido. Isso pode ser feito mudando os registros antigos, em papel, para um sistema de gerenciamento e armazenamento de dados online mais poderoso e tecnologicamente avançado.

Isso também permite que os profissionais qualificados se concentrem em tarefas de maior valor, possibilitando que os laboratórios enfrentem os desafios econômicos.

5. Acompanhe o desempenho do seu laboratório

Para gerenciar as complexidades de um laboratório de análises clínicas, é importante investir em uma solução de software laboratorial que possa fornecer acesso fácil às métricas de desempenho do laboratório além dos tempos de resposta.

Um sistema eficiente facilita o rastreamento do desempenho diário e a identificação de oportunidades de melhoria de processos em cada etapa dos vários fluxos de trabalho. Isso ajuda a reduzir os custos gerais e, ao mesmo tempo, aumenta a lucratividade e a eficiência do laboratório.

No atual cenário de integração da saúde, onde os laboratórios de análises clínicas estão sob pressão constante para aumentar a eficiência e reduzir custos, melhorando a satisfação do paciente e os resultados clínicos, torna-se necessário identificar os gargalos no fluxo de trabalho do laboratório e operar de forma coerente.

Além disso, é importante que os recursos internos disponíveis sejam utilizados da melhor maneira possível, permitindo que os profissionais se concentrem em tarefas mais importantes.

Todos esses objetivos podem ser alcançados perfeitamente por meio de um software para gestão laboratorial que facilita a comunicação eficiente, aborda os desafios do fluxo de trabalho, melhora os retornos econômicos e fornece as métricas para demonstrar o desempenho do laboratório de análises clínicas.

Gostou de saber mais sobre como seguir processos em laboratórios de análises clínicas? Então não deixe de conferir o conteúdo sobre melhoria contínua para laboratórios: 5 dicas essenciais!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: