Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.

Quais as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas?

Quais as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas?

No laboratório de análises clínicas, o termo estratégia de qualidade se refere ao padrão dos resultados de um laboratório em comparação com outros.

Geralmente, cada laboratório ou sistema de testes pode se tornar mais eficiente, e os laboratórios que buscam um bom padrão de qualidade precisarão se envolver na avaliação e melhoria contínua dos processos estratégicos.

A boa qualidade é como uma reputação: leva muito tempo para construir, mas pode ser arruinado em um instante.

Por isso, se você quer saber mais sobre as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas, confira o conteúdo que preparamos sobre o tema!

Descubra agora as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas

Descubra agora as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas

Qual é a diferença entre uma boa estratégia para laboratórios e uma estratégia ruim? Em termos simples, uma estratégia de boa qualidade produzirá poucos eventos adversos, erros, falhas regulatórias e assim por diante. Por outro lado, a estratégia de baixa qualidade resultará em mais eventos adversos e falhas, que em última instância precisarão ser remediados.

Ambos têm custos associados, e o custo geral da qualidade no laboratório é calculado somando o custo da boa estratégia e o custo da estratégia ruim.

O que é necessário para executar uma boa estratégia para laboratórios?

Manter uma estratégia de boa qualidade para laboratórios incorre em custos associados à prevenção de efeitos adversos e revisão do sistema de testes. Alguns exemplos incluem:

Treinamento da equipe

A equipe deve ser treinada para desempenhar suas funções de forma eficaz, bem como implementar práticas de redução de custos, como precisão no trabalho, redução de desperdício, entre outros.

Manutenção dos equipamentos

Os equipamentos e instrumentos devem ter manutenção preventiva realizada, de forma a evitar qualquer possível tempo de inatividade.

Sistema de Gestão da Qualidade

O Sistema de Gestão da Qualidade deve ser implementado e continuamente revisado e otimizado. Os laboratórios devem se manter atualizados com os desenvolvimentos mais recentes e adotar novas estratégias de melhoria de processos, especialmente relacionadas às tecnologias.

Acreditação de órgão regulador

Os laboratórios podem buscar por uma auditoria de sistema de testes realizada por um órgão regulador reconhecido. A obtenção da acreditação é a prova do compromisso do laboratório com a qualidade.

Quais são os custos de uma estratégia ruim para laboratórios?

Enquanto os custos associados às estratégias de qualidade são incorridos com o objetivo de evitar possíveis problemas, os custos de estratégias ruins são incorridos como resultado da falha do sistema de teste.

Onde os custos positivos são relativamente fáceis de prever e contabilizar, os custos negativos podem ser mais complexos. Por exemplo, os custos podem vir de fontes internas ou externas:

Testes repetidos

O problema mais óbvio é a necessidade de testar novamente e como devedores do paciente quando erros são detectados. Isso pode ser extremamente difícil de fazer no caso de pacientes que têm os efeitos adicionais de aumento de custo e redução da confiança do nos resultados do laboratório.

Análise de falhas

Envolve solução de problemas e análise de causa raiz. Os laboratórios devem gastar uma quantidade de recursos para determinar a causa raiz de um incidente adverso e implementar sistemas para evitar uma recorrência.

Diagnósticos incorretos e tratamento adequado

A consequência mais grave dos resultados laboratoriais errôneos é o potencial para diagnóstico incorreto e tratamento adequado do paciente, o que pode ter graves repercussões médicas para o paciente e  para o laboratório devido a litígios por imperícia.

Quando comparamos, fica claro que os custos associados às boas estratégias laboratoriais são muito mais fáceis de prever e planejar, enquanto os custos de estratégias ruins são muito mais dependentes do cenário.

Ambas têm custos associados, mas a principal diferença é que os laboratórios investem dinheiro com as práticas de boas estratégias e desperdiçam dinheiro corrigindo problemas decorrentes das práticas de estratégias ruins.

Como melhorar as estratégias para laboratórios de análises clínicas?

Existem muitos métodos para melhorar as estratégias no laboratório. Os métodos mais óbvios são garantir que a equipe seja adequadamente treinada e que todos os materiais e instrumentos sejam mantidos de maneira adequada e com qualidade suficientemente alta.

Algumas dicas para melhorar a qualidade incluem o uso de avaliações de qualidade interna e avaliações de qualidade externa, utilizando softwares com relatórios sobre todas as áreas e verificação da linearidade de calibração abrangente.

Software com relatórios significativos

O software de relatórios pode ser usado para otimizar ainda mais o desempenho de sua estratégia. O desempenho pode ser comparado a um grupo de pares global de laboratórios usando o mesmo método, dando uma indicação confiável sobre a qualidade do resultado.

Alguns softwares laboratoriais também calculam estatísticas automaticamente e podem fornecer uma indicação da eficiência de cada ensaio individual, e esforços podem ser feitos para melhorar os testes e processos que mostram um desempenho ruim.

Verificação dos requisitos regulatórios

É importante reconhecer que atender aos requisitos regulamentares não é apenas um exercício de seleção de caixas.

A verificação da linearidade deve testar adequadamente toda a faixa de ensaio de um instrumento específico. Por esse motivo, os laboratórios devem ter como objetivo o investimento em recursos tecnológicos.

A prevenção de incidentes adversos é preferível à implementação de ações corretivas assim que um problema ocorrer.

O custo de uma estratégia ruim é imprevisível e frequentemente substancial. A abordagem mais lógica seria investir pesadamente nas práticas de boa qualidade, em última análise, diminuindo o risco de sofrer as implicações significativas.

Invista em tecnologia

Investir em software para gestão laboratorial certamente irá ajudar seu laboratório a prosperar. Com a utilização correta, seus funcionários gastarão menos tempo em tarefas manuais, seus dados ficarão mais seguros, as comunicações internas e externas serão aprimoradas e você terá uma vantagem sobre seus concorrentes.

Antes de começar, faça sua pesquisa e lembre-se de investir em tecnologia com base nas necessidades e no orçamento de seu laboratório. Não invista em uma nova tecnologia apenas porque ela parece ser inovadora. Se não for útil para o seu negócio, não vá em frente. Descubra o que funcionará para seu laboratório e seus pacientes e prepare-se para o sucesso.

Gostou de saber mais sobre as melhores estratégias para laboratórios de análises clínicas? Então não deixe de conferir o conteúdo sobre melhoria contínua para laboratórios: 5 dicas essenciais!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: