Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.

Como lidar com os principais desafios da rotina laboratorial?

Como lidar com os principais desafios da rotina laboratorial?

Em todo o mundo, os laboratórios de análises clínicas enfrentam enormes desafios técnicos e financeiros e buscam inovações para maximizar a produtividade e, ao mesmo tempo, ajudar a reduzir custos.

Os avanços nos testes diagnósticos, levaram a técnicas aprimoradas e a um número crescente de exames disponíveis, bem como o crescimento da população idosa, maior gestão de doenças crônicas, acesso aos cuidados com a saúde e interesse público em diagnósticos – consequentemente, houve um aumento da demanda por testes.

Por isso, se você quer saber quais são os principais desafios da rotina laboratorial e como lidar com eles, confira o conteúdo que preparamos sobre o tema!

Quais são os principais desafios na rotina laboratorial e como resolvê-los?

Quais são os principais desafios na rotina laboratorial e como resolvê-los?

O aumento da conscientização geral levou mais pessoas a buscarem os laboratórios de análises clínicas para realizarem exames de saúde de rotina.

Embora isso possa soar como uma oportunidade para pequenos laboratórios aumentarem a receita do negócio, muito se perde com a ineficiência!

Laboratórios pequenos e tradicionais enfrentam muitos desafios em seu funcionamento diário – muitos deles decorrentes da falta de sistemas automatizados que possam capturar, armazenar, manter e reciclar dados. Acompanhe a seguir alguns dos principais problemas que os laboratórios enfrentam!

1. Vulnerabilidade devido a erros humanos

Existem muitos estágios pelos quais as métricas e os dados passam antes que o relatório final seja compilado. O registro manual e a transposição desses dados abrem várias possibilidades de erros humanos, colocando não apenas a reputação do laboratório de análises clínicas, mas também vidas humanas em risco.

2. Longo tempo de espera para resultados

Talvez um dos maiores desafios devido ao qual laboratórios pequenos e independentes perdem pacientes para os concorrentes seja a incapacidade de entregar resultados rápidos e precisos.

Quando os laboratórios são manuais, uma quantidade significativa de tempo é perdida entre os processos. Ao contrário, os laboratórios automatizados transpõem os dados em tempo real para que estejam prontos para o próximo processo, bem como para análises e monitoramento.

Em um laboratório de análises clínicas, o tempo de resposta é definido como o tempo desde o momento em que um teste é solicitado até que o resultado seja informado ao paciente.

Em alguns casos, a amostra é enviada para um laboratório terciário, o que aumenta ainda mais o tempo de resposta. Depois de fornecer a amostra para um teste, o paciente deve esperar no laboratório ou voltar outro dia para coletar os resultados. Isso desperdiça muito tempo do paciente.

A solução pode ser a adoção de um software de gerenciamento de laboratório com atualização automática de resultados, onde os resultados do teste serão enviados ao paciente por SMS, e-mail ou aplicativo móvel. Isso reduz o tempo de resposta geral e o paciente não precisa esperar muito.

3. Excesso de redundâncias

Um dos princípios mais fundamentais da eficiência é eliminar a redundância, e pequenos laboratórios se saem mal nisso.

É quase impossível evitar a duplicação de dados quando eles são armazenados manualmente. Consequentemente, quando os dados são atualizados em um local, as alterações raramente são realizadas em todos os outros locais onde também estão armazenados.

4. Dados não consolidados

Assim como com a duplicação de dados, a consolidação de dados também é uma tarefa difícil para laboratórios pequenos e tradicionais.

É aqui que entra um sistema de gestão laboratorial baseado em nuvem. Ele unifica e consolida todos os dados para evitar redundância e desperdício, enquanto posiciona o laboratório como uma instalação de saúde de qualidade.

Seu processo de fechamento do dia é fundamental para manter dados financeiros precisos. Atrasos inesperados, erros em documentos e solicitações de última hora podem interromper o fluxo de trabalho do seu laboratório.

Adquira um software que forneça relatórios eficientes de fechamento diário. Obtenha informações claras de quanto dinheiro foi coletado em cada ponto, junto com a atualização de créditos devidos e demais informações contábeis.

5. Dificuldade de armazenamento de arquivos

Laboratórios pequenos geralmente têm menos espaço, por isso o armazenamento de relatórios de pacientes antigos pode não ser viável.

Um software para gestão de laboratórios armazena tudo na nuvem, de onde estará tudo prontamente disponível para verificação cruzada ou no caso de um paciente solicitar.

A falta de limitações na acessibilidade dos dados entre os funcionários do laboratório é uma ameaça à privacidade do paciente. Por exemplo, uma recepcionista não precisa acessar os resultados dos exames do paciente, enquanto um técnico de laboratório precisa. Isso se deve à falta de acesso aos dados com base em funções.

Configure contas com base em funções e com restrição de senha para proteger dados confidenciais. Identifique as necessidades de cada função e proteja os dados confidenciais usando senhas de forma que o acesso seja restrito ao funcionário correspondente.

6. Integração com outros prestadores de saúde

Pequenos laboratórios autônomos que não estão conectados a outros prestadores de saúde – por exemplo, hospitais – são isolados e, portanto, incapazes de fornecer a conveniência necessária aos pacientes.

Eles não podem enviar relatórios por e-mail, WhatsApp ou em outros formatos diretamente para o consultório médico ou para o paciente.

Em um setor que está encontrando maneiras novas e melhores de fornecer uma experiência confortável aos pacientes, esses pequenos laboratórios sofrem com o crescimento atrofiado e menos oportunidades.

Como administrador de laboratório, muitas vezes você deve evitar emergências ou planos de viagem para manter o controle das operações de seu laboratório.

Isso se deve à falta de acesso aos registros do laboratório de qualquer lugar fora das instalações do laboratório.

Configure uma interface que dê acesso a todos os registros de qualquer lugar. Isso lhe dá liberdade para verificar a logística, as vendas e as coleções em seu laboratório de qualquer lugar, sem que nada atrapalhe as atividades administrativas.

Embora muitos laboratórios não possam gastar excessivamente, um sistema de gestão laboratorial, como o Autolac, pode superar os desafios que eles enfrentam!

Nosso software é baseado em nuvem e projetado para laboratórios, de todos os tamanhos, que desejam integrar seus dispositivos com aplicativos especiais, armazenar e gerenciar informações.

Um software facilmente configurável e que oferece suporte para otimizar os fluxos de trabalho do seu laboratório pode ser a solução para lidar com os principais desafios da rotina laboratorial.

Os avanços atuais em testes de diagnóstico clínico podem apresentar às equipes de laboratório oportunidades de atualização e adoção de novas tecnologias e fornecimento de novos serviços.

Mas, além de reduzir custos, o aumento da automação e a consolidação de sistemas analíticos contribuirá para mais produtividade, tempo de resposta mais rápido e melhor qualidade de testes, além de liberar os profissionais do laboratório de tarefas de rotina para se concentrarem em responsabilidades mais desafiadoras.

Gostou de saber mais sobre como lidar com os principais desafios da rotina laboratorial? Então não deixe de conferir o conteúdo sobre melhoria contínua para laboratórios: 5 dicas essenciais!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: