Qual a importância da acreditação para laboratórios de análises clínicas?

Qual a importância da acreditação para laboratórios de análises clínicas?

O que significa ser um laboratório acreditado e por que isso é tão importante?

Esteja você selecionando uma nova instituição de ensino para estudar, um médico para agendar uma consulta ou um laboratório de análises clínicas para realizar seus exames, um dos principais fatores a considerar sempre é se eles são acreditados.

Para isso, em primeiro lugar, é importante entender exatamente o que é acreditação e o que é necessário para se tornar acreditado em cada área.

Em termos laboratoriais, os modelos para o credenciamento e monitoramento são realizados por entidades certificadoras orientadas pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), como a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, a Sociedade Brasileira de Análises Clínicas e o Colégio Americano de Patologia (CAP).

O objetivo principal destes programas é estabelecer e manter os mais altos padrões de qualidade e desempenho possíveis para os laboratórios que analisam amostras para a avaliação de exposições a agentes patológicos.

Quer saber mais sobre a importância da acreditação para laboratórios de análises clínicas? Então confira o conteúdo sobre o tema!

Por que se tornar um laboratório acreditado?

Por que se tornar um laboratório acreditado?

Como os resultados da análise que você recebe de um laboratório são usados ​​para determinar a magnitude ou a presença de um problema de saúde, é vital que o laboratório que analisa as amostras seja proficiente na produção de dados de alta qualidade sobre os quais decisões importantes sobre o tratamento serão tomadas.

Um laboratório que recebe acreditação demonstra que pode produzir resultados precisos e de alta qualidade de forma consistente.

Sem credenciamento, não está claro quais padrões e sistemas de qualidade são realmente empregados pelo laboratório em questão. Desta forma, a acreditação garante uma proteção externa objetiva, porque o laboratório precisa participar dos programas de controle de qualidade por meio de testes analíticos de proficiência.

Se nenhum programa para um campo de testes existir, a instituição responsável pela acreditação exige que os laboratórios credenciados mostrem sua proficiência em programas externos relevantes com rigorosos limites estatísticos.

Alguns exemplos com limites estritos de controle incluem análises de química úmida, gravimetria, testes de ar, espectrometria de massa por cromatografia em fase gasosa, cromatografia líquida de alta pressão e cromatografia iônica.

Ao manter a confiabilidade dos dados e dos resultados do laboratório, o credenciamento oferece a melhor proteção para empresas, trabalhadores e pacientes. Também é estabelecida uma linha de defesa definitiva para quaisquer situações a serem determinadas em um tribunal, por exemplo.

Reconhecimento da competência técnica do laboratório

A acreditação laboratorial é um meio de determinar a competência técnica de laboratórios para realizar tipos específicos de teste, medição e calibração.

Ela também oferece reconhecimento formal aos laboratórios competentes, fornecendo meios para os clientes identificarem e selecionarem exames, medições confiáveis e serviços de calibração capazes de atender às suas necessidades.

Para manter esse reconhecimento, os laboratórios são reavaliados periodicamente pela organização de acreditação para garantir o cumprimento contínuo dos requisitos, e para verificar se o seu padrão de operação está sendo mantido.

O laboratório também pode e deve participar de programas relevantes de testes de proficiência entre reavaliações, como mais uma demonstração de competência técnica.

Os laboratórios credenciados geralmente emitem relatórios de teste ou calibração com o símbolo ou endosso da organização de acreditação, como indicação de sua acreditação.

Os clientes são incentivados a verificar com o laboratório quais são os testes específicos ou medidas para as quais são credenciados.

Estas informações são geralmente especificadas no escopo de acreditação do laboratório, emitido pela organização de acreditação. A descrição no escopo da acreditação também tem vantagens para os clientes dos laboratórios ao permitir que eles encontrem o laboratório ou o serviço de teste apropriado.

As organizações de acreditação de laboratórios sempre publicam os escopos de acreditação de seus laboratórios credenciados em diretórios ou na internet.

Vantagens competitivas em relação aos laboratórios não acreditados

A acreditação laboratorial beneficia os laboratórios de diversas formas, como permitindo que eles realizem seu trabalho corretamente e com padrões apropriados, e fornecendo a eles uma referência para manter essa competência.

Muitos laboratórios operam isoladamente com seus pares e raramente, se é que alguma vez, recebem avaliação técnica independente como uma medida de seu desempenho.

Uma avaliação regular feita por uma organização de acreditação verifica todos os aspectos da instalação e operações relacionadas à produção consistente de dados precisos e confiáveis. Áreas de atuação são identificadas e discutidas e um relatório detalhado é fornecido no final de cada visita.

Quando necessário, as ações de acompanhamento são monitoradas pela organização de acreditação para que o laboratório esteja confiante de que tomou as ações corretivas corretamente.

Além dos serviços comerciais de teste e calibração, os laboratórios podem usar a acreditação para garantir que os resultados oferecidos por seu próprio laboratório estão sendo concluídos corretamente. Tudo isso garante diversas vantagens competitivas em relação aos laboratórios não acreditados.

Vantagens em relação ao marketing laboratorial

A acreditação é uma ferramenta de marketing eficaz para exames, calibração e medição laboratorial. Mas, além disso, também é um passaporte para o envio de propostas à investidores que exigem que os laboratórios sejam verificados independentemente.

A acreditação de laboratórios é altamente considerada nacionalmente e internacionalmente como um indicador confiável de competência técnica. E todas as grandes empresas exigem a acreditação de laboratórios fornecedores de serviços de testes e análises.

A acreditação laboratorial utiliza critérios e procedimentos desenvolvidos especificamente para determinar a competência técnica, garantindo aos clientes que o teste, calibração ou dados de medição fornecidos pelo laboratório são precisos e confiáveis.

Muitas organizações de acreditação também publicam um diretório de seus laboratórios credenciados, que inclui os detalhes de contato dos laboratórios e informações sobre seus testes e capacidades. Esse é outro meio de promover os serviços credenciados de um laboratório para grandes parceiros em potencial.

Por fim, através de um sistema de acordos internacionais, laboratórios recebem uma forma de reconhecimento internacional, que permitem que seus dados possam ser mais prontamente aceito nos mercados externos.

Esse reconhecimento ajuda a reduzir custos para fabricantes e exportadores, reduzindo ou eliminando a necessidade de retestar em outro país.

Reconhecimento internacional para o seu laboratório

Muitos países ao redor do mundo têm uma ou mais organizações responsáveis ​​pela acreditação dos seus laboratórios.

A maioria dessas organizações de acreditação adotou as mesmas bases para credenciar os laboratórios de análises clínicas.

Isso ajudou os países a empregarem uma abordagem uniforme para determinar a competência dos laboratórios e também incentivou os laboratórios a adotarem testes internacionalmente aceitos, sempre que possível.

Essa abordagem uniforme permite que os países estabeleçam acordos entre si, com base na avaliação mútua e na aceitação do credenciamento. Tais acordos internacionais, chamados acordos de reconhecimento mútuo, são cruciais para permitir a aceitação de dados de teste entre esses países.

De fato, cada laboratório reconhece o credenciamento do outro como se eles próprios tivessem realizado a acreditação do parceiro.

Este sistema internacional entre organizações de acreditação permitiu aos laboratórios credenciados obterem uma forma de reconhecimento internacional e permitiram também a aceitação mais rápida dos dados que acompanham as exportações.

Tudo isso reduz efetivamente os custos para os fabricantes e importadores, pois diminui ou elimina a necessidade de testar novamente.

Que tipos de laboratórios podem buscar a acreditação?

Que tipos de laboratórios podem buscar a acreditação?

Independente do porte laboratorial, se você está pensando em buscar o credenciamento para o seu laboratório, a primeira coisa que precisa fazer é entrar em contato com a organização de acreditação apropriada para verificar sobre o seu perfil e a sua gama de serviços.

A maioria das organizações nacionais de acreditação pode fornecer credenciamento abrangente para:

  • instalações que realizam qualquer tipo de teste;
  • calibração ou medição;
  • laboratórios privados;
  • operações individuais ou grandes organizações multidisciplinares;
  • operações de campo remotas e laboratórios temporários.

Como os laboratórios se tornam acreditados?

Os laboratórios podem ter todas – ou parte – de suas atividades de teste e calibração acreditadas.

O processo de credenciamento envolve uma avaliação completa de todos os elementos de um laboratório que contribuem para a produção de informações precisas e confiáveis de teste.

O processo de avaliação pode levar de um a vários dias e envolve avaliadores técnicos especializados que avaliam os tipos específicos de testes ou a medição que está sendo realizada.

Os critérios de avaliação são baseados nas normas internacionais que são usadas para laboratórios de avaliação em todo o mundo. As organizações de acreditação de laboratórios usam este padrão especificamente para avaliar fatores relevantes para a capacidade de um laboratório produzir dados precisos, incluindo:

  • competência técnica do pessoal;
  • validade e adequação dos métodos de teste;
  • rastreabilidade de medições e calibrações de acordo com os padrões nacionais;
  • adequação, calibração e manutenção do equipamento de teste;
  • ambiente de teste;
  • amostragem, manuseio e transporte de itens de teste;
  • garantia de qualidade dos dados de teste e calibração.

No final da análise é apresentado um relatório detalhado sobre a avaliação feita, destacando todas as áreas que requerem atenção e ação corretiva antes do laboratório ser recomendado para acreditação.

Uma vez credenciado, o laboratório é reavaliado periodicamente para garantir sua continuidade e conformidade com os requisitos e também para verificar se seu padrão de operação está sendo mantido.

Além disso, o laboratório pode ser recomendado a participar de programas de testes de proficiência entre as reavaliações, como uma demonstração adicional de competência técnica.

Quais outros fatores influenciam os pacientes na escolha do laboratório?

Quais outros fatores influenciam os pacientes na escolha do laboratório?

A qualidade e a confiabilidade geralmente andam de mãos dadas com um laboratório que pode demonstrar um histórico de serviços acreditados.

Uma boa pergunta para qualquer laboratório em potencial não é apenas “você é credenciado?”, mas “há quanto tempo você está credenciado?”.

Alguns laboratórios, independente do porte, mantêm consistentemente o credenciamento desde a sua criação e este é um fator mercadológico de grande peso.

Além dos padrões de qualidade inerentes ao credenciamento, um laboratório de sucesso deve ser competente para entender e atender às necessidades específicas dos clientes com rapidez e eficiência.

Os laboratórios que se destacam fornecem recursos, como: disponibilidade de atendimento automatizado, preços justos, retornos rápidos, relatórios completos e assistência online amigável, destacada por recomendações claras sobre testes e metodologia específicas.

Gostou de saber mais sobre a importância da acreditação para laboratórios de análises clínicas? Então não deixe de conferir como escolher um software de fácil implementação para laboratórios!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: