Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.

O que é software para laboratórios de análises clínicas?

O que é software para laboratórios de análises clínicas?

A automação tem contribuído fortemente para revolucionar muitas atividades humanas, proporcionando benefícios inquestionáveis ​​no desempenho da sociedade.

Os avanços abundantes e multifacetados das tecnologias de automação também geraram um impacto profundo na organização dos laboratórios de análises clínicas, onde muitas tarefas manuais foram parcialmente ou totalmente substituídas por instrumentação automatizada e que economiza esforço.

Por isso, se você quer saber mais sobre o que é software para laboratórios de análises clínicas, confira o conteúdo sobre o tema!

Quais são os benefícios do software para laboratórios de análises clínicas?

Quais são os benefícios do software para laboratórios de análises clínicas?

O impressionante crescimento da automação laboratorial foi fortemente impulsionado por um processo contínuo de reorganização dos diagnósticos laboratoriais de acordo com um modelo paradigmático.

As instalações laboratoriais estão cada vez mais organizadas dentro de uma rede que pode abranger diversos laboratórios de apoio que realizam testes mais simples e instalações centrais, onde grandes volumes de amostras são entregues para a realização de exames mais especializados.

Embora não exista uma definição única, a automação laboratorial é geralmente classificada de acordo com a complexidade da integração dos instrumentos, variando entre nenhuma automação, automação laboratorial parcial – por exemplo, desenvolvimento das chamadas ilhas de automação, onde os analisadores estão interconectados e parcialmente integrados com estações de trabalho pré-analíticas, até a automação laboratorial total, onde a maioria dos analisadores realizam diferentes tipos de testes em diferentes matrizes de amostras e são fisicamente integrados como sistemas modulares ou conectados por linhas de montagem.

Nos modelos mais amplos de softwares para laboratórios de análises clínicas, muitas etapas pré-analíticas e pós-analíticas são executadas automaticamente em estações de trabalho fisicamente conectadas com os analisadores e gerenciadas de forma eficiente pelos programas.

Como é, portanto, previsível que as inovações tecnológicas em curso, juntamente com um cenário econômico profundamente impulsionado por políticas de contenção de custos, irão promover uma maior difusão da automação laboratorial no futuro previsível, nós fornecemos uma visão geral sobre algumas vantagens potenciais do software para laboratórios de análises clínicas. Acompanhe!

Custos mais baixos a longo prazo

Diversas linhas de evidência agora atestam que um modelo eficiente de software para laboratórios de análises clínicas pode reduzir com sucesso os custos de diagnósticos laboratoriais.

O benefício do retorno sobre o investimento é de fato mais visível a longo prazo, após atingir o chamado ponto de equilíbrio, quando os custos iniciais serão compensados.

Basicamente, a principal economia fornecida por um software para laboratórios de análises clínicas, resulta da fusão de tarefas antes feitas por muitas plataformas de diagnóstico dentro de um sistema consolidado, não apenas abrange uma redução da força de trabalho manual, especialmente auxiliares e técnicos, necessária para o gerenciamento de testes, mas também é ajuda a reduzir despesas pré e pós-analíticas.

Porém, a economia financeira é variável, depende do software para laboratórios de análises clínicas adotado e do volume relativo de testes realizados localmente, pois quanto maior o número de testes, maior é a receita da automatização de várias etapas do processo. 

Mais eficiência laboratorial

Além dos benefícios de contenção de custos, que são especialmente apreciados por formuladores de políticas e administradores de saúde, o software para laboratórios de análises clínicas oferece algumas outras vantagens dentro do ambiente de laboratório, muitas das quais são atribuíveis ao uso de linhas personalizáveis, que podem ser organizadas para atender a requisitos e modelos específicos de diferentes laboratórios.

Várias evidências demonstram que um software para laboratórios de análises clínicas projetado de forma eficiente pode ser variavelmente eficaz para reduzir o tempo de resposta e aumentar concomitantemente a produtividade do laboratório.

Objetivos valiosos podem ser alcançados essencialmente pela otimização do fluxo de trabalho, englobando automaticamente o desvio ou priorização de tarefas entre diferentes profissionais, especialmente quando um deles está sobrecarregado ou apresenta alguma falha técnica.

Muito compreensivelmente, no entanto, a adoção de um modelo de software para laboratórios de análises clínicas que incorpora várias linhas de diagnóstico tem um impacto na especialização da equipe.

Paralelamente a esta linha, o software para laboratórios de análises clínicas oferece a vantagem adicional ao permitir uma combinação de estações de trabalho pré-analíticas modernas com plataformas analíticas.

Mesmo aqui, no entanto, uma análise preliminar do fluxo de trabalho dentro do laboratório e um monitoramento constante ao longo do tempo são críticos para implementar a solução mais eficiente e, eventualmente, corrigir as falhas.

Isso permitiria identificar algumas etapas críticas do gerenciamento de amostras dentro do sistema, em última análise, otimizando seu desempenho em termos de gerenciamento de altos volumes e complexidade e, finalmente, a otimização do fluxo de trabalho de forma geral.

Melhor gerenciamento e rastreabilidade

Conforme dissemos anteriormente, a tecnologia tem contribuído profundamente para melhorar o trabalho e a organização dos laboratórios de análises clínicas.

O software para laboratórios de análises clínicas erradicou algumas atividades de alto risco conectadas aos dados de transcrição manual e também permitiu a redução dos erros. A moderna geração de instrumentação de laboratório é equipada com programas de software avançados, permitindo um melhor gerenciamento das amostras.

Definir regras de decisão com base em critérios predefinidos agora permite a auto verificação de dados, reanálise automática de amostras com resultados altamente anormais ou suspeitos, bem como reflexo de disparo e testes complementares, contribuindo assim, em última análise, para melhorar a qualidade e segurança de testes de diagnóstico.

A eficiência de realizar essas atividades importantes é enormemente ampliada em laboratórios que usam softwares para laboratórios de análises clínicas, onde o gerenciamento de amostras dentro do sistema é mais eficiente.

Além disso, a integração de diferentes setores permite realizar automaticamente diversos tipos de testes, planejando reflexos automáticos e utilizando diferentes matrizes de amostra.

Por último, mas não menos importante, a rastreabilidade da amostra é aprimorada de forma consistente mantendo todas as amostras de rotina e estatísticas em um ambiente único, permitindo a rastreabilidade digital de todos os processos aos quais um tubo foi submetido, desde o momento da coleta até o armazenamento, uma vez que o teste foi foi concluído.

Padronização garantida para acreditação

Manter todas as diferentes fases do processo laboratorial sob controle, incluindo atividades extra-analíticas, é um pilar da qualidade em diagnósticos de laboratório, que também se tornou um requisito obrigatório para a acreditação.

Agora é inegável que consolidar diferentes áreas de diagnóstico dentro do mesmo espaço de trabalho exigirá menos esforços administrativos para desenvolver e atualizar procedimentos operacionais padrão, em que vários procedimentos para gerenciamento de amostra pré-analítica e pós-analítica podem ser combinados quando muitos analisadores são integrados no mesmo modelo de software para laboratórios de análises clínicas.

Notavelmente, o software para laboratórios de análises clínicas também parece lucrativo para muitos aspectos relacionados à qualidade analítica, como especificações de qualidade dos ensaios, rastreabilidade dos calibradores, melhoria da qualidade e estabilidade dos reagentes, juntamente com alguns outros aspectos que os profissionais de laboratório devem avaliar além do planejamento técnico antes a adoção de uma solução específica.

O aumento da precisão e repetibilidade em todo o processo de teste habilitado pela automação das operações também proporciona benefícios importantes em termos de padronização, simplificando os procedimentos de certificação e credenciamento.

Melhor qualidade de testes

A padronização e a organização são duas questões cruciais em diagnósticos laboratoriais!

A maioria dos esforços feitos nas últimas décadas têm se concentrado essencialmente na parte analítica do processo geral de testes, enquanto grande atenção só foi dada recentemente às atividades pré-analíticas e pós-analíticas.

Convencionalmente, a automação permite assumir a maior parte das muitas atividades manuais corriqueiras, permitindo, assim, aliviar a sobrecarga entre pessoas e de amostra para amostra. Essa padronização de processo aprimorada trará benefícios tangíveis na qualidade do processo de teste geral, reduzindo assim o risco de erros de diagnóstico, especialmente aqueles que emergem das atividades manuais intensivas da fase pré-analítica.

Integração mais eficiente de setores e resultados

A consolidação de muitas áreas de diagnóstico no mesmo local tem organização adicional e benefícios técnicos. Os avanços consideráveis ​​dos softwares para laboratórios de análises clínicas agora permitem que a equipe do laboratório navegue e gerencie o fluxo de dados de entrega, sistemas analíticos e de arquivamento.

A maioria dos modelos de software para laboratórios de análises clínicas permite a integração de uma vasta gama de resultados de testes produzidos por diferentes analisadores, mesmo antes de os dados serem transferidos. Isso não apenas permite definir critérios de autovalidação maiores, mais complexos e precisos, mas também permitiria a equipe do laboratório ter uma visão mais ampla dos resultados do paciente, detectando assim com mais eficiência possíveis erros ou identificando situações críticas que precisam de comunicação oportuna.

Requalificação da equipe e satisfação garantida

A minimização da mão de obra intensivamente manual é uma das principais vantagens de um software para laboratórios de análises clínicas, que se traduziria em uma economia líquida de equipe, técnica e auxiliar, necessária para gerenciar o fluxo de trabalho do laboratório.

Portanto, isso permite requalificar a equipe eliminando mão de obra e redefinindo funções de trabalho para tarefas com maior valor agregado, como avaliação de qualidade ou implementação de novos testes, abrindo assim, em última análise, o caminho para o atendimento altamente personalizado. Também vale a pena mencionar que a requalificação de pessoal pode ser intelectualmente satisfatória, aumentando assim a satisfação e a produtividade da equipe.

Gostou de saber mais sobre o que é software para laboratórios de análises clínicas? Então não deixe de conferir como escolher um software de fácil implementação para laboratórios!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: