Por que ter um software para gestão laboratorial?

Por que ter um software para gestão laboratorial?

O software para gestão laboratorial é um sistema utilizado em laboratórios de análises clínicas para diversas atividades, entre elas, podemos destacar o gerenciamento de dados, o processamento de inúmeras amostras e o gerenciamento do fluxo de trabalho do laboratório.

Com o software para gestão laboratorial, o laboratório pode automatizar fluxos de trabalho, integrar instrumentos e gerenciar amostras e informações associadas. Além disso, os laboratórios podem produzir resultados rapidamente, minimizar as chances de erros, rastrear dados em análise para melhorar a eficiência e muito mais!.

Por isso, se você quer saber mais sobre por que ter um software para gestão laboratorial, confira o confira o conteúdo sobre o tema!

O que é um um software para gestão laboratorial?

O que é um um software para gestão laboratorial?

Essencialmente, um software para gestão laboratorial é um assistente digital para seu laboratório!

Trabalhando principalmente como administrador, ele oferece suporte às operações do laboratório, liberando tempo e energia para que o verdadeiro profissional possa conduzir suas atividades à vontade, sem ter que lidar com toda a papelada que acompanha o gerenciamento do laboratório.

Os softwares para gestão laboratorial que são comumente usados ​​em laboratórios de análises clínicas se enquadram nas categorias sobre testes de diagnósticos e controle de qualidade. Alguns dos benefícios de usar um software para gestão laboratorial são:

  • Automação de fluxo de trabalho;
  • Integração dos instrumentos ou outros sistemas de laboratório;
  • Centralização do acesso e o armazenamento de dados;
  • Rastreamento de dados em análise;
  • Redução de erros, entre outros.

A eficiência de um software para gestão laboratorial

O objetivo principal de usar um software para gestão laboratorial é melhorar a eficiência do processamento e gerenciamento de amostras.

O uso de um software para gestão laboratorial reduziria a necessidade de tarefas manuais, aumentando assim a precisão na análise de amostras. O software para gestão laboratorial captura dados automaticamente e é processado e armazenado para referência futura. O fornecedor do software para gestão laboratorial que você escolher definirá o processo de processamento do software.

Geralmente, o processo de um software para gestão laboratorial é dividido em pelo menos cinco etapas:

  • A amostra é registrada após a recepção;
  • Atribuição, programação e rastreamento da amostra e da carga de trabalho analítica;
  • Processamento e controle de qualidade associados à amostra;
  • Armazenamento de dados associados à análise da amostra;
  • Inspeção, aprovação e compilação dos dados da amostra para geração de relatório e análise posterior.

Tipos de softwares para gestão laboratorial usados ​​em laboratórios de análises clínicas

Os recursos do software para gestão laboratorial tiveram um crescimento evolutivo ao longo dos anos, desde o rastreamento de amostras até o planejamento de recursos empresariais para laboratórios clínicos e especializados.

Um padrão de fluxo de trabalho típico de um software para gestão laboratorial em um laboratório de análises clínicas passa por, pelo menos, três fases:

  • Pré-analítico: coleta de amostras;
  • Analítico: teste das amostras;
  • Pós-analítico: revisão de resultados.

Os módulos do software para gestão laboratorial são usados ​​por vários departamentos de laboratório, como:

  • Banco de sangue;
  • Imunologia;
  • Hematologia;
  • Microbiologia;
  • Logística;
  • Departamento financeiro;
  • Entre outros.
Por que ter um software para gestão laboratorial?

Por que ter um software para gestão laboratorial?

Como as necessidades de cada laboratório variam muito em relação ao outro, os critérios para escolher um software para gestão laboratorial eficaz também variam.

Os motivos mais óbvios para integrar um software para gestão laboratorial em seu laboratório são o aumento da eficiência e uma organização mais eficaz. Ter tudo em um lugar que possa gerenciar o inventário, coordenar o fluxo de trabalho, rastrear amostras e analisar dados acabará por acelerar o desempenho, reduzir o gerenciamento incorreto de suprimentos e mão de obra e evitar erros de laboratório. Com base nisso, as principais funções desempenhadas pelo software para gestão laboratorial são:

  • Recepção e registro de uma amostra com seus dados associados;
  • Atribuição, rastreamento e programação da carga de trabalho analítica da amostra;
  • Controle de qualidade associado à amostra e qualquer equipamento utilizado;
  • Armazenamento de dados adquiridos de quaisquer análises realizadas;
  • Compilação, inspeção e aprovação de dados para relatórios e análises adicionais.

Existem ainda outras vantagens em usar um software para gestão laboratorial! Mas, isso significa que os dados devem ser registrados quando uma entrada é criada, modificada ou mesmo excluída. Os dados também devem manter sua integridade, sem serem corrompidos, e devem ser protegidos para evitar adulteração. Portanto, é importante certificar-se de que o software para gestão laboratorial que você usa contém recursos que monitoram e registram todos os dados, independentemente do estágio de desenvolvimento em que você se encontra, mantendo-o protegido.

Rastreamento de amostra com software para gestão laboratorial

As etiquetas de código de barras são uma parte indispensável de um software para gestão laboratorial funcional. Sem o uso de códigos de barras ou etiquetas de identificação por radiofrequência, seria impossível rastrear amostras de maneira adequada ou automatizar fluxos de trabalho analíticos, já que você precisaria inserir informações manualmente em cada etapa da análise.

A capacidade de criar registros de amostra detalhados e precisos, em combinação com uma solução de identificação segura, reduz o risco de confusão ou perda de amostras. Isso é alcançado pelo software para gestão laboratorial, permitindo que você insira informações essenciais sobre uma amostra de teste, como sua fonte, identidade, bem como a data, hora e local de preparação.

Conforme a amostra passa pelo processo de teste do laboratório, o software para gestão laboratorial deve observar onde a amostra está nesse processo. Além de rastrear testes, o software para gestão laboratorial também deve ser capaz de agendar testes, permitir que os resultados sejam transferidos para outros sistemas da cadeia de abastecimento, bem como gerar relatórios para fins de análise e controle de qualidade. Além disso, etiquetas especializadas que podem resistir a qualquer ambiente (por exemplo, criogênica, esterilização, exposição a produtos químicos) estão disponíveis para garantir que suas etiquetas permaneçam presas e legíveis em todas as etapas do procedimento.

Recursos indispensáveis em um software para gestão laboratorial

Alguns dos principais recursos indispensáveis em um software para gestão laboratorial eficiente incluem:

  • A interface de usuário intuitiva que elimina a necessidade de gastar muito tempo aprendendo um sistema complexo;
  • A compatibilidade para fornecer a integração perfeita entre várias ferramentas essenciais;
  • O backup em tempo real garante que seus dados permaneçam seguros e permite a recuperação de quaisquer dados perdidos;
  • A garantia de segurança sobre os dados sensíveis dos pacientes.

Um sistema modular que pode se adaptar e mudar com seu laboratório também tem várias vantagens em relação a um software para gestão laboratorial mais tradicional. Este tipo de sistema flexível pode ser modificado, tanto pelo usuário final quanto pelo provedor do software, muito mais prontamente, permitindo que ele atenda melhor às necessidades do laboratório ao longo do tempo. Também oferece mais opções para interagir com o sistema, com maior personalização.

Armazenamento de dados baseados em nuvem

Um software para gestão laboratorial baseado em nuvem, onde todas as informações são armazenadas em servidores dedicados, é especialmente vantajoso para laboratórios com vários usuários.

Os sistemas baseados em nuvem exigem que poucos hardwares e softwares sejam instalados localmente, tornando a configuração rápida e reduzindo o custo. Ao permitir que colegas sejam atribuídos a vários projetos, eles também facilitam o compartilhamento de dados e fluxos de trabalho, mesmo entre laboratórios, já que cada colaborador pode acessar informações do software para gestão laboratorial a qualquer hora e em qualquer lugar.

Você também pode fazer alterações remotamente e as atualizações são realizadas automaticamente pela empresa que gerencia o software para que você não perca tempo atualizando-o – o que geralmente requer o desligamento temporário do software para gestão laboratorial se você fizer a atualização por conta própria.

A escolha de um software para gestão laboratorial depende das necessidades de seu laboratório, no entanto, certos recursos, como etiquetas com código de barras e um sistema modular flexível baseado em nuvem, são essenciais, independentemente do tamanho ou função do seu espaço de trabalho. Com o software certo instalado, você pode aumentar o ritmo do seu laboratório, produção e análises, ao mesmo tempo que evita que erros ocorram em seus dados.

Com o avanço da tecnologia, as funções de um software para gestão laboratorial também evoluem. O software para gestão laboratorial é construído de forma a oferecer suporte a qualquer progresso futuro enquanto trabalha efetivamente em um conjunto básico de funcionalidades definidas, como coleta de dados, rastreamento de amostra, processamento, armazenamento de dados e geração de relatórios. Algumas das principais funcionalidades do software para gestão laboratorial são explicadas mais detalhadamente a seguir!

Gerenciamento de amostras

O software para gestão laboratorial foi originalmente criado para ajudar no processo de sistemas de gerenciamento de amostras que ocorrem em laboratórios.

Este sistema é iniciado quando uma amostra é recebida em um laboratório e registrada em um software para gestão laboratorial. Como um grande número de amostras é coletado e analisado em um dia, seria difícil registrar manualmente as amostras sem a chance de serem confundidas com outras análises.

Com um software para gestão laboratorial, é bem mais fácil rastrear a amostra se ela for etiquetada e atribuída corretamente. As informações coletadas e armazenadas por meio de um software para gestão laboratorial se enquadram nos seguintes critérios:

  • Detalhes sobre o paciente cuja amostra é coletada;
  • Detalhes sobre o médico que recomendou a análise;
  • Os testes e análises que devem ser realizados na amostra;
  • As etapas da amostra e destino;
  • Os procedimentos de armazenamento;
  • A data esperada de finalização do relatório;
  • A criação de registros para fins futuros.

Gestão do fluxo de trabalho

A necessidade de gerenciamento de fluxo de trabalho usando um software para gestão laboratorial é tão importante quanto gerenciamento de amostra e manutenção de registros.

A precisão de um sistema de trabalho não depende apenas dos dados, ele precisa de uma avaliação de processo pontual onde um software para gestão laboratorial pode ser usado. Como o nome indica, o gerenciamento de fluxo de trabalho ajuda a automatizar fluxos de trabalho e atribuir trabalho, se delegado precisamente no software.

Tudo o que você precisa fazer para um melhor gerenciamento do fluxo de trabalho usando software para gestão laboratorial é:

  • Inserir os códigos adequados para direcionar o software para gestão laboratorial para uma atribuição de trabalho;
  • Configurar o fluxo de processo do trabalho para análise de amostra;
  • Atribuir os instrumentos exatos para o trabalho específico.

O gerenciamento do fluxo de trabalho usando um software para gestão laboratorial economiza tempo e conduz o trabalho com precisão.

Razões para investir em um software para gestão laboratorial

Por fim, podemos concluir que algumas das principais razões pelas quais os profissionais de análises clínicas deveriam investir em um software para gestão laboratorial, são:

  • A crescente demanda por transparência em análises e testes;
  • Os resultados auditáveis ​​e a remoção de falha humana;
  • A pressão para atender às demandas de testes com menos recursos;
  • A identificação de problemas de carga de trabalho ou gargalos;
  • A maior demanda por relatórios e testes automatizados;
  • A pressão para cumprir com os regulamentos novos ou cada vez mais rígidos;
  • A substituição ou otimização de sistemas antigos.

Gostou de saber mais sobre por que ter um software para gestão laboratorial? Então não deixe de conferir como escolher um software de fácil implementação para laboratórios!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: