Usamos cookies para fornecer os recursos e serviços oferecidos em nosso site para melhorar sua experiência. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso destes cookies. Leia nossa Política de Privacidade para saber mais.

Como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas?

Como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas?

Maximizar a eficiência do atendimento em seu laboratório de análises clínicas deve ser uma prioridade para garantir resultados de qualidade, uma grande produção e sucesso financeiro contínuo.

Implementar o processo correto, recursos e o gerenciamento de pessoas ajudará na melhoria do atendimento em seu laboratório de análises clínicas, além de aumentar o valor e o bem-estar da equipe, minimizando o desperdício de tempo e energia.

Por isso, se você quer saber mais sobre como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas, confira o conteúdo sobre o tema!

Como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas?

Como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas?

Confira a seguir um guia para ajudá-lo a otimizar o atendimento em seu laboratório de análises clínicas sem tomar atalhos que reduzem a qualidade do serviço prestado!

1. Saiba investir em recursos humanos

Ter as pessoas certas nas funções certas é fundamental para a máxima eficácia em todos os locais de trabalho.

Todos precisam conhecer o escopo de suas funções, ter educação e experiência para desempenhá-las sem muito aprendizado adicional. No entanto, também é importante que eles continuem a aprender e ganhar experiência para que  permaneçam motivados para atingir seus objetivos.

A liderança no laboratório precisa garantir que a equipe tenha tudo o que é necessário para desempenhar suas funções e preservar os altos níveis de motivação. Eles também precisarão manter a união da equipe e uma boa comunicação entre os membros do laboratório.

2. Atualize seus equipamentos laboratoriais

Ter o melhor equipamento possível no laboratório ajudará a aumentar a produtividade e a qualidade experimental enquanto limita o desperdício.

O equipamento deve ser sempre mantido de acordo com as instruções do fabricante e mantido em uma condição limpa e totalmente funcional. Ao fazer isso, você deve impedir que ele se quebre durante um experimento e desperdice amostras e outros consumíveis.

Coloque o equipamento fixo em uma posição que não requeira muito espaço, seja fácil de configurar e usar e todos os outros itens necessários para o experimento sejam facilmente acessíveis.

Também é importante notar que comprar o equipamento mais barato disponível pode acabar sendo mais caro a longo prazo, enquanto limita a qualidade de sua produção.

Se um item quebrar e levar muito tempo para ser substituído, isso pode prejudicar seriamente suas atividades, custando-lhe tempo e energia valiosos, além de atrasar a entrega dos resultados ao paciente.

3. Digitalize o seu laboratório

As vantagens de digitalizar seu laboratório de análises clínicas são enormes, mas alguns motivos incluem:

  • Melhorando o atendimento em seu laboratório;
  • Otimizando a gestão de estoque e a gestão financeira;
  • Garantindo todas as notas em um formato indexado;
  • Economizando tempo encontrando informações já anotadas;
  • Aprimorando compartilhamento, colaboração e ideias inovadoras;
  • Reduzindo o desperdício de papel e espaço de armazenamento;
  • Fazendo o planejamento com antecedência;
  • Registrando tudo;
  • Entre outros.

Portanto, deixar de usar o papel economizará tempo e esforço e também pode promover o bem-estar da equipe e melhorar a produção e o atendimento em seu laboratório.

4. Faça um benchmarking laboratorial

Uma das melhores maneiras de otimizar os fluxos de trabalho de seu laboratório e implantar protocolos experimentais é perguntando e pesquisando sobre quem já tem alguma experiência naquela prática.

Você pode muito bem estar realizando novos feitos, mas para muitos procedimentos não será o primeiro no mundo a usá-los.

A maioria dos novos protocolos experimentais são derivações de trabalhos anteriores. Certamente será necessário ajustar os protocolos aos seus, mas também é provável que você possa obter alguns conselhos sobre como fazê-lo.

5. Organize seu espaço de trabalho

Ao decidir por onde começar ao organizar seu espaço de trabalho, você precisa considerar o que vai fazer no espaço e onde é melhor colocar equipamentos imóveis, ferramentas usadas com frequência, soluções, amostras, armazenamento e resíduos.

Todos os equipamentos fixos devem ser instalados no local mais conveniente para serem usados, sem ocupar muito espaço do laboratório. Além disso, considere como você pode precisar manter e limpar esses itens ao escolher seu local.

Eletrônicos e soluções não costumam funcionar bem uns com os outros, então eles precisam ser separados por uma barreira física apropriada para evitar qualquer dano.

Utensílios usados ​​com frequência, como seringas, luvas, pipetas e pinças, devem estar todos disponíveis. Se o funcionário for destro, mantenha-os à direita e vice-versa.

Para evitar desperdício, certifique-se de ter todas as soluções necessárias com antecedência e ter o equipamento certo para preparar novas soluções.

Itens não perecíveis, como vidrarias e tubos, devem ser mantidos bem fora do caminho, mas devem ser de fácil acesso se necessário. Itens perecíveis podem precisar ser colocados em uma geladeira ou freezer, mas em um local conveniente para que você possa alcançá-los rapidamente.

Todos os resíduos precisam ser tratados de forma adequada, ao trabalhar com amostras biológicas, precisará de um saco de risco biológico para descartá-las. Você também pode precisar de uma lixeira e um sistema de eliminação de resíduos tóxicos.

6. Melhore seu controle de estoque por meio da tecnologia

Criar o sistema de gerenciamento de estoque perfeito é uma ciência própria. Não deve produzir resíduos, precisa garantir um fornecimento constante de itens necessários e não exigir grandes quantidades de armazenamento.

Existem muitos sistemas diferentes disponíveis para gerenciar os níveis de estoque. Encontrar o correto para o seu laboratório dependerá principalmente do que funciona para você. Há muitos conselhos online sobre gerenciamento de estoque e estoque e perguntar a seus colegas como eles fazem isso também será um excelente recurso.

Um dos maiores problemas são os itens perecíveis. Você precisa ter certeza de ter esses itens disponíveis quando necessário, sem ter muito em estoque que você acabe tendo que jogar fora.

Para aprimorar o gerenciamento de estoque em geral, você pode adotar um software para a gestão laboratorial, assim você terá muito mais controle e poderá oferecer um atendimento otimizado.

7. Adote um software para a gestão laboratorial

Registrar tudo o que acontece no laboratório, embora pareça trabalhoso no momento, será útil a longo prazo, especialmente se você fizer isso de forma padronizada.

Registre todos os protocolos com detalhes, para que qualquer membro do seu laboratório possa examiná-los e saber exatamente como realizar o procedimento ou atendimento. Esses documentos também ajudarão na delegação de tarefas, especialmente itens do dia a dia que os funcionários do laboratório podem distribuir entre si.

Registre todos os reagentes, amostras, tempos e resultados de forma organizada. Você pode querer voltar a essas análises daqui a um ano e ainda será capaz de interpretá-las.

Se algo funcionar particularmente bem, registre. Você poderá usar essas informações para realizar a mesma tarefa com mais eficiência no futuro.

Se algo não funcionar, registre. Você poderá usar essas informações para garantir que não crie o mesmo problema no futuro.

Todos no laboratório devem ser capazes de obter essas informações e para isso a adoção de um software para a gestão laboratorial é fundamental.

Todos esses pontos se resumem em algumas dicas essenciais para otimizar o atendimento em seu laboratório de análises clínicas:

  • Planeje quaisquer ações com antecedência;
  • Utilize o poder que as novas tecnologias oferecem;
  • Registre não apenas os atendimentos, mas tudo o que puder.

Utilize todas essas dicas para obter o máximo de tempo e energia de seu laboratório de análises clínicas e, consequentemente, melhorar seu atendimento!

Gostou de saber mais sobre como otimizar o atendimento em laboratórios de análises clínicas? Então não deixe de conferir como escolher um software de fácil implementação para laboratórios!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias: